O autor

kill-ric

Richardson Santos de Freitas (Ric)

Mineiro, natural de Belo Horizonte. Nascido em 1976.

Cartunista. Mudo constantemente de estilo de desenho. Então não se engane: o site não é feito por várias pessoas. Apenas uma, que tem múltiplas personalidades.

Sou formado em Licenciatura em Desenho e Plástica (Escola de Design da UEMG), com pós-graduação em Projetos Editoriais Impressos e Multimídia (Centro Universitário UNA).

Microempreendedor Individual da empresa Estúdio Nanquim, especializada em ilustrações editoriais, ilustrações para material didático e diagramação.

Membro fundador da Associação Cultural Nação HQ, criada em 2004. A Nação HQ desenvolve ações na área de histórias em quadrinhos e política cultura. Introduzimos em Belo Horizonte as comemorações  do Dia do Quadrinho Nacional, em 2006 e a levar ao legislativo a lei municipal que oficializa o FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos no calendário cultural de Belo Horizonte.

Um militante da política cultura.

Fui membro da Comissão da Lei de Incentivo da Cultura de Belo Horizonte (Gestão 2011/2012) e membro da Comissão Eleitoral do Conselho Municipal de Política Cultural de Belo Horizonte (Eleições 2013), além de participações em Conferências Municipais de Cultura.

Participei do Observatório da Diversidade Cultural (2014).

Autor da proposta da aprovada na plenária da 4ª Conferência Municipal de Cultura de Belo Horizonte:  219. Implantar editais de fomento direcionados aos artistas locais no Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte-FIQ!BH a partir de 2017; – http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh

Coordenação/Proponente do projeto Núcleos de Quadrinhos Nação HQ
Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte – Fundo de Projetos Culturais-140/2014

Fiz parte do grupo de artistas que implementou o FAV – Fórum de Artes Visual, vinculado ao Conselho Municipal de Política Cultural de Belo Horizonte em 2017.


PUBLICAÇÕES, SALÕES DE HUMOR E EXPOSIÇÕES, etc e tal

  • Livro O Batuquinho, de Léo Mendonça (1999)
    Ilustrações
  • Jornal O Espigão (1999 – 2002)
    Publicações de charges mensais
  • Revista Boca-a-Boca (2000)
    Publicações de tirinhas em quadrinhos
  • 3º Salão Nacional de Humor (2002)
    Charge selecionada: Encanamento
  • Fanzine De Última Hora (2003)
    Publicação Coletiva: Leo Romão / Ric / Ricardo Lima (Laranja)
  • 4º Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte (2005)
    Exposição Coletiva – Imprensa Mineira
  • 5º Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte (2007)
    Exposição Coletiva – Homenagem a Belo Horizonte
  • Jornal Super Notícias (2008)
    Publicação de tirinhas em quadrinhos aos domingos
  • O livro dos políticos – de Heródoto Barbeiro e Bruna Cantele (2008)
    Charge pág. 299
  • 6º Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte (2009)
    Exposição Coletiva – Webtiras
  • Revista Educação em Movimento nº 5 – Artigo “A Identificação e o Atendimento dos Talentos”, de Rosemeire de Araújo Rangni. (2009)
    Charge Deficiência Física
  • Jornal O Banquete (2012)
    Publicação de charges
  • Festival de Humor e arte em Aids, Ministério da Saúde (2012)
    Charge selecionada: Hobin Hood
  • 6º Salão Medplan de Humor (2014)
    Tirinha selecionada: Alice no País da Maravilhas Eleitorais
  • Fanzine Anta de Kichute (2015)
  • 4X4 nº1 – Perdi minha cabeça na zona (Abril/2016) Peba Edições
    Publicação coletiva: Ric / Vitu Maia / Wagner Nyhyw / Marcelo Dola
  • 4×4 nº2 – Meu pai é um E.T. (Setembro/2016) Peba Edições
    Publicação coletiva:  Marcelo Dola, Lexy Soares, Wagner Nyhyw, Ric, Vitu Maia. Capa de Rosa Inês.
  • Núcleos de Quadrinhos Nação HQ – Extrapolando as convenções (2017)
    Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte – FPC 140/2014
    Belo Horizonte, 2017 – Estúdio Nanquim – ISBN: 978-85-93562-00-6
  • 4×4 nº 3 – Distopia Trump (outubro/2017) Peba Edições
    Publicação coletiva:  Sílvio Romero, Ric, Wagner Nyhyw, Vitu Maia, Lexy Soares, Marcelo Dola, Camila Vaz e Virna. Capa de Marconi Marques

Deixe uma resposta